Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Pandemia Salvador SAÚDE

“Balanço positivo”, afirma Doiane Lemos sobre serviço itinerante de vacinação em Salvador

Começou nesta semana em Salvador o Serviço Itinerante de Imunização em localidades estratégicas. De acordo a prefeitura, a ação tem como objetivo ampliar o acesso da população à vacina contra Covid-19 e diminuir o número de atrasados com a segunda dose.

Nesta quarta-feira (27), o serviço do Medmóvel aplicou a segunda dose da Pfizer e a terceira dose para os idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, bem como pacientes em hemodiálise. O posto móvel está em atendimento até as 16h de hoje no bairro do Uruguai.

Nos dois primeiros dias a estratégia aplicou primeira dose do imunizante para as pessoas com 18 anos ou mais que ainda não iniciaram o esquema vacinal, além da segunda dose das pessoas habilitadas para CoronaVac e Oxford.

Antes do Medmóvel ser lançado, Salvador chegou a ter 40 mil pessoas atrasadas na segunda dose do imunizante.

De acordo com a subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis e coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Doiane Lemos, a estratégia de vacinação itinerante nada mais é do que uma forma de aproximar o serviço de saúde da população.

“E demonstra a sensibilidade da gestão quanto à importância em manter a população vacinada, com o esquema de vacinação iniciado e finalizado. Isso é muito importante. E essa aproximação com a comunidade nos deu um retorno bastante positivo, ou seja, nos últimos três dias em que Medmóvel vem sendo ofertado na região do Uruguai, mais de 300 doses foram aplicadas”, informou.

“[…] isso deixa a gestão municipal satisfeita nos sentido de que quando a estratégia é implementada ela é exitosa e isso é importante porque a gente reduz o número de pessoas que não receberam as primeiras doses. O balanço que a gente faz é com certeza positivo”, completou.

Morador do Uruguai, Leonildo da Cruz, que recebeu a terceira dose hoje, disse que está bastante satisfeito com o serviço. “Foi muito bom, mas se não tivesse aqui eu ia para o Caminho de Areia, as primeiras doses eu tomei lá. Aqui foi melhor, pertinho de casa”, disse.

Foto: Cris Canbui / Rádio Sociedade

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143