Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque Serviço

Bolsa Família: Bahia tem 215 mil famílias com perfil, mas sem acesso ao programa

Dados do Consórcio Nordeste divulgados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do estado apontam que a Bahia tem cerca de 1 milhão de pessoas – chegando a um total de 215 mil famílias – com perfil para receber o Bolsa Família, mas que não têm acesso ao benefício. O temor da pasta é que com o fim do auxílio emergencial a situação de crise para essas pessoas aumente.

Em fevereiro, eram 180 mil famílias com perfil sem acesso ao programa. O secretário Carlos Martins critica o governo federal. “Enquanto Bolsonaro e Paulo Guedes se debatem em piruetas e promessas irreais, o povo sofre com o preço astronômico dos alimentos, o aumento da energia e da gasolina. O mais grave são as mais de 844 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza que estão na fila do Bolsa Família em todo o Nordeste”, diz.

Além disso, o secretário alega que a crise fiscal impede estados e municípios de realizarem programas que ajudem no problema, afirmando que só o governo federal tem capacidade de investimento e de cobertura. Ele diz que a “fome não espera” e cobra “mais sensibilidade” do presidente.

De acordo com dados do Consórcio Nordeste de julho deste ano, em todo o Brasil, 2.271 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social estão fora do programa. O número é maior do que o registrado em março deste ano, que foi de 1,880 milhão de famílias.

O Bolsa Família será reformulado pelo governo federal, passando a se chamar Auxílio Brasil. O valor pago será de R$300, que representa aumento de R$ 111 em relação ao valor médio pago atualmente. A previsão é que o programa entre em vigor em novembro.

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143