Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política

Bolsonaro diz que ‘Brasileiro tem que ser estudado, pula no esgoto e não acontece nada’

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), comentou mais uma vez sobre as medidas de combate que o governo tem utilizado contra o novo coronavírus. Durante entrevista realizada na porta do Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente traçou uma comparação entre a situação do Brasil, com a dos Estados Unidos, que é o novo epicentro da doença no mundo.

“Eu acho que não, não vamos chegar a esse ponto [tantos casos quanto os Estados Unidos], até porque o brasileiro tem que ser estudado. O cara não pega nada. Eu vi um cara ali pulando no esgoto, sai, mergulha… Tá certo?! E não acontece nada com ele”, disse Bolsonaro.

O presidente reforçou as críticas às determinações de quarentena e isolamento social dos governadores em quase todos os estados do país. “Alguns prefeitos e governadores erraram na dose. Foi uma catástrofe. O turismo passou para 0. Ninguém faz mais turismo. A rede hoteleira está em 10% de sua capacidade. Olha a desgraça que está aí”, reclamou. “Agora não existe mais diarista, não existe mais manicure, [motorista de] Uber não funciona. Não dá para entender que essa onda é muito mais preocupante do que a doença?”, pontuou.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o isolamento social, apesar de não ser a única, é uma das ferramentas para evitar a propagação em massa do coronavírus, o que afetaria o sistema de saúde de todo país.

Foto: Reprodução

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X