Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque SAÚDE

Bolsonaro diz que decisão sobre Pfizer exige responsabilidade

Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conceder o registro definitivo para a vacina da Pfizer contra a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro criticou a condição imposta pela farmacêutica de não se responsabilizar por eventuais efeitos colaterais à população. O mandatário deixou em aberto uma possível compra, mas deixou claro que, na sua avaliação, a decisão de quem autorizá-la, terá peso.

“Tem cláusula que diz da total não responsabilização do laboratório por possíveis efeitos colaterais. É uma coisa de extrema responsabilidade, para quem porventura no Brasil tiver que dar a palavra final. Se sou eu como presidente, se é o Parlamento derrubando um possível veto ou se é o Supremo Tribunal Federal”, disse o presidente, em entrevista coletiva durante visita ao Acre.

A vacina da Pfizer, desenvolvida em parceria com o laboratório alemão BioNTech, não registrou efeitos adversos relevantes nos países que fizeram reservas do imunizante.

Foto: Carolina Antunes/PR

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143