Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Bolsonaro diz que segunda onda da Covid-19 é “conversinha”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou de “conversinha” a chegada de uma possível segunda onda do novo coronavírus. Sem considerar o aumento de novas infecções em nove capitais, o chefe do Executivo deu a declaração durante encontro informal com apoiadores nesta sexta-feira (13).

“Essa pandemia aí nos fez endividar mais de R$ 700 bilhões. E agora tem uma conversinha de segunda onda. Tem que enfrentar se tiver. Porque se quebrar de vez a economia, seremos um país de miseráveis, só isso”, disse.

O presidente ainda comentou sobre a possibilidade de comprar Coronavac, vacina contra a Covid-19, que está sendo produzida pela China em parceria com o instituto Butantan.

“Toda a vacina é igual produto bélico, nenhum país compra um armamento de outro país se aquele país não tá usando aquilo lá. Nós sabemos que têm vacinas que são 1 ‘pool’, 1 conjunto de países fabricantes. Mas, se a gente quiser comprar vacina de 1 país X, aquele país tem que vacinar seu povo para mostrar que não tem problema”, afirmou.

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Tags:

Leia também

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X