Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Polícia Política

Bolsonaro é intimado a depor na Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi intimado para depor na Polícia Federal no caso que investiga o vazamento de um inquérito sobre um ataque hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ocorrido em 2018.

Na época, Bolsonaro divulgou o inquérito na íntegra nas redes sociais, mostrando que o banco de dados do TSE havia sido invadido. No mesmo momento, o presidente questionou a segurança das urnas eletrônicas e o sistema de votação. De acordo com o TSE, contudo, a invasão não comprometeu as eleições de 2018. Isso porque, explicou o tribunal, o código-fonte dos programas utilizados passa por sucessivas verificações e testes, aptos a identificar qualquer alteração ou manipulação e que nada de anormal ocorreu.

As informações do inquérito foram dadas como definitivas, mesmo ainda sem conclusão da polícia. O conteúdo foi divulgado em uma transmissão que aconteceu em agosto, com a presença de Bolsonaro e do deputado federal Filipe Barros (PSL-PR).

Atendendo a um pedido do TSE, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, então, a abertura do inquérito para investigar o vazamento das informações, que são sigilosas.

Moraes ainda determinou a remoção dos links disponibilizados por Bolsonaro com a íntegra da investigação e o afastamento do delegado da PF que era responsável por esse inquérito.

O inquérito ainda não foi concluído pela PF.

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Tags:

Leia também