Digite sua busca

 

 

Brasil Economia Notícias Notícias em destaque Política

Bolsonaro pede que caminhoneiros não façam greve na próxima semana

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu aos caminhoneiros para que não façam a greve que está prevista para a próxima segunda-feira (1º). O mandatário ainda confirmou a intenção do governo de reduzir tributos sobre o diesel, para aliviar a pressão do reajuste do combustível sobre o bolso dos caminhoneiros.

“Reconhecemos o valor dos caminhoneiros para a economia do Brasil. Apelamos para eles que não façam greve, que todos nós vamos perder. Todos, sem exceção. Agora, a solução não é fácil. Estamos buscando uma maneira de não ter mais este reajuste”, afirmou Bolsonaro ao sair do Ministério da Economia, nesta quarta-feira (27).

“Estamos estudando medidas. Agora não tenho como dar uma resposta de como diminuir o impacto, na verdade foram R$ 0,09[de aumento] no preço do diesel na refinaria. Para cada centavo no preço do diesel que por ventura nós queremos diminuir, no caso o PIS/Cofins, equivale a buscarmos em algum outro local R$ 800 milhões. Então não é uma conta fácil de ser feita”, completou o presidente.

Bolsonaro esteve nesta quarta com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na sede da pasta. A reunião não estava na agenda oficial de nenhum deles. No encontro, um dos assuntos foi justamente a possibilidade de compensar os caminhoneiros pelo aumento no preço do diesel.

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143