Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Política

Bolsonaro: “Quando alguém invadir tua casa, dá tiro de feijão nele”

Em alusão a sua declaração feita em agosto, quando ele afirmou que “se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar”, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mais uma vez comentou as críticas feitas por pessoas da esquerda. Para o chefe do Executivo, aqueles que fazem comparação entre armamento e a fome, deveriam dar um “tiro de feijão” caso algum criminoso invada sua casa.

“Vocês sabiam que Santa Catarina é o estado que tem o menor percentual de mortes por milhão de habitantes? É o estado mais armado. Quanto mais armas, menos violência. O Lula acabou de dizer aí, chegou um vídeo pra mim, que ele vai desarmar o povo (…) Inclusive, a esquerda fala que a gente não come arma, come feijão. Mas quando alguém invadir a tua casa, tu dá um tiro de feijão nele”, disse Bolsonaro em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

A cena é semelhante à conversa do presidente com seus apoiadores, também em frente ao Palácio, em que ele defendeu que “tem que todo mundo comprar fuzil”.

“Tem que todo mundo comprar fuzil, pô. Povo armado jamais será escravizado. Eu sei que custa caro. Daí tem um idiota que diz: ‘Ah, tem que comprar feijão’. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar”, defendeu ele a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Foto: Carolina Antunes/PR

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143