Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Bolsonaro volta a questionar a eficácia da vacinação de crianças de 5 à 11 anos

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a questionar nesta quarta-feira (12) a eficácia da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19. Bolsonaro criticou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que autorizou a vacinação para o público infantil, alegando que a administração do imunizante em crianças é uma “incógnita” e cobrou da Anvisa um “antídoto” para possíveis efeitos colaterais.

“A Anvisa não disse qual o antídoto para possíveis efeitos colaterais. É uma incógnita muito grande ainda isso tudo que está acontecendo no Brasil’, declarou o presidente em entrevista à Gazeta Brasil. 

Especialistas alegam que os benefícios da aplicação do imunizante em crianças superam os riscos. A aplicação já está sendo feita em outros lugares do mundo e de acordo com a equipe técnica da Anvisa, as informações avaliadas indicam que a vacina da Pfizer é segura e eficaz para crianças dentro dessa faixa etária.

No Brasil 324 crianças entre 5 e 11 anos já morreram em decorrência do coronavírus, desde o início da pandemia.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags:

Leia também