Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Boulos vira réu por invasão ao ‘triplex de Lula’ no Guarujá

O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, e mais dois diretores da entidade – Anderson Dalecio e Andreia Barbosa da Silva – se tornaram réus na justiça, nesta quinta-feira (25), acusados de invasão ao tríplex do Guarujá em abril de 2018, atribuído ao ex-presidente Lula na operação Lava-Jato.

A denúncia foi feita pelo Ministério Público Federal (MPF), e recebida pela juíza Lisa Taubemblatt, da 6ª Vara Federal de Santos (SP), que em seu despacho, deu dez dias para Boulos e os outros dois citados se pronunciarem sobre as acusações.

Recaem sobre os réus a denúncia de terem infringido o artigo 346 do Código Penal, por “destruir ou danificar coisa própria, que se acha em poder de terceiro por determinação judicial ou convenção”. A pena prevista é de seis meses a dois anos de prisão, mais multa.

Os advogados de Guilherme Boulos ainda não se pronunciaram no processo, mas no ano passado o psolista concedeu uma entrevista à Folha de São Paulo, e classificou a denúncia do MPF como “nova farsa do tríplex”.

“Eu não participei da ação no Guarujá, que foi uma iniciativa legítima do movimento social pra denunciar a perseguição absurda a Lula que só serviu para eleger Jair Bolsonaro”, disse.

Foto: Reprodução | Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Fortaleza

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143