Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque SAÚDE

Brasil teve crescimento de 135% nos casos de SRAG, aponta Fiocruz

O Boletim Infogripe, da Fiocruz, divulgado nesta sábado (15), aponta um crescimento de 135% no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Brasil nas das últimas três semanas de novembro em relação as três últimas semanas.

Conforme o levantamento, o número de casos passou de 5,6 mil para 13 mil. “A velocidade com que a Covid-19 se espalha entre a população cresceu, semanalmente, de 4% para 30%”, afirmou o pesquisador Marcelo Gomes, responsável pelo InfoGripe. A SRAG está geralmente associada às formas mais severas da Covid-19.

A publicação aponta ainda que 25 das 27 unidade federativas apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo até o período de 2 a 8 de janeiro de 2022.

São eles: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Destes, no curto prazo, apenas Amazonas e Rondônia apresentam sinal de estabilidade.

Já no Rio de Janeiro observa-se sinal forte de crescimento na tendência de curto prazo, embora a tendência de longo prazo esteja em situação de estabilidade.

“Praticamente todos os Estados apresentaram sinal de crescimento anterior às SE 52 de 2021 (26.dez.2021 a 01.jan.2022) e 1 de 2022 (2-8.jan.2022), deixando claro que tal contexto é anterior às celebrações de final de ano, reforçando a importância dos alertas quanto aos cuidados necessários à época. A manutenção da divulgação dos dados durante este período, teria certamente dado melhores condições para a população tomar decisões adequadas ao momento epidemiológico”, afirmou o pesquisador Marcelo Gomes.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Tags:

Leia também