Digite sua busca

 

 

Bahia Eleições Notícias em destaque Política Salvador

Bruno Reis afirma que violência na Bahia é por “falta de pulso” do governador Rui Costa

Na manhã desta quarta-feira (13), o prefeito Bruno Reis (UB) falou sobre diversos assuntos de interesse da população. Ao ser questionado sobre a mobilização que os servidores da saúde estão realizando na manhã desta quarta-feira (13) em frente a sede da Secretaria, por conta da insegurança nas Unidades de Saúde, o prefeito disse que a cidade possui 178 Unidades de Saúde e tem investido em câmeras, sistemas de alarme e segurança patrimonial em mais de 70 Unidades.

“Nós temos 178 Unidades de Saúde, já colocamos câmeras, sistema de alarme, com segurança patrimonial em mais de setenta. Agora infelizmente, vocês estão vendo aí, hoje a manhã toda nas rádios, os exemplos, os tristes, sendo relatados de insegurança. Nessa manhã, duas funcionárias que trabalham na minha casa foram assaltadas. Essa semana vários amigos”, disse Bruno.

O gestor da capital baiana culpou o governo em relação à segurança pública, afirmando que a Bahia perdeu o controle e que a criminalidade e a marginalidade que estão governando o Estado.

“Infelizmente o Governo do Estado da Bahia perdeu o controle da segurança pública, está insustentável, total falta de controle. Hoje, do jeito que está, o crime e a marginalidade que estão imperando na cidade, infelizmente afetando as Unidades de Saúde e dificultando o trabalho dos profissionais”, afirmou.

Bruno Reis (UB) disse ainda que nunca transferiu suas responsabilidades ou procurou justificativas, aproveitando assim para alfinetar o líder do Estado, declarando que falta comando e pulso do governador Rui Costa perante a Segurança Pública.

“Vocês sabem, nunca me viram aqui transferindo responsabilidade ou procurando justificativa. Agora, questão de Segurança Pública é questão do Governo do Estado, garantir a segurança, não perder como está perdendo uma guerra contra o crime e a marginalidade. […] Tem áreas da cidade que a gente não consegue entrar com o programa ‘iluminando o nosso bairro’ porque o tráfico não permite. Onde é que nós vamos chegar? Está faltando comando, governo. Para impor o ritmo do governo e as coisas serem dadas as respostas que a sociedade espera. Infelizmente nós estamos no Estado mais violento do Brasil, por falta de pulso do governador Rui Costa”, alfinetou o prefeito de Salvador.

Foto: Reprodução / Montagem

Tags:

Leia também