Digite sua busca

 

 

Bahia Entrevistas Notícias em destaque Podcast Rádio Sociedade

Com produção do dendê em queda, especialista explica cadeia produtiva

Essencial na culinária baiana, o Dendê teve a sua produção reduzida em 37% nos últimos quatro anos. Para entender a escassez do produto, o programa Sociedade Urgente recebeu o presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias, que explicou a cadeia produtiva e as ações para sanar a falta da matéria-prima.

Este ano, o preço do dendê sofreu um aumento de 146%. Além disso, a maior parte do produto essencial na produção do acarajé é exportado do estado do Pará, maior produtor e com uma área plantada 10 vezes maior que a baiana.

De acordo com Wilson Dias, existe uma distinção do plantio baiano com o paraense.  

“Nós temos uma diferença entra a Bahia e o Pará, o plantio de Dendê aqui na Bahia são aqueles que chamamos de subespontâneo”, disse. “Ou seja, você tem ali uma propriedade rural que não tem efetivamente um plantio comercial do dendê. Você tem o agricultor que tem um hectare, mas ele ali planta de tudo”.

Para conter a queda na produção causada por fatores climáticos, o governo da Bahia diz que está investindo mais de R$ 2 milhões em ações para o cultivo do dendê no estado.

“No Pará o plantio é mais comercial, não que a Bahia não tenha. Lá o agricultor é plantador do dendê, ele tem uma propriedade de 100 hectares e 30, 40 hectares são plantados de dendê e explorados comercialmente”, finalizou.

Ouça a entrevista completa:

Foto: Reprodução

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X