Digite sua busca

 

 

Bahia Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia

Companhia de cruzeiros suspendem operações no Brasil

A Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (CLIA) emitiu uma nota suspendendo voluntariamente as operações no Brasil até o dia 21 de janeiro. De acordo com o comunicado, há “incertezas na interpretação e aplicação de protocolos previamente aprovados”. A decisão se dá logo após a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de suspender a temporada de cruzeiros devido aos diversos casos de Covid-19 registrados em navios.

A Anvisa chegou a suspender embarques em dois navios, no último domingo (2), com a MSC Splendida e nesta segunda (3), com a Costa Diadema, em Santos (SP).

Apenas na Splendida, 78 pessoas testaram positivo e a embarcação atracou às pressas no Porto de Santos, no último dia 30 e os passageiros ficaram isolados em suas cabines. Já no Costa Diadema, houve 68 casos e o navio ficou atracado em Salvador, com 4 mil pessoas em quarentena. Ele atracou em Santos nesta segunda, para desembarque dos passageiros, e teve as próximas duas viagens canceladas pela Anvisa.

Outro navio da MSC, o Preziosa, teve 28 infectados, que desembarcaram no Rio, e foi liberado para seguir viagem no último domingo (3), após 8 horas de atraso do embarque.

Conforme a CLIA, os “protocolos do setor de cruzeiros excedem a maioria de outras indústrias e permanecem eficazes para mitigar o risco de COVID-19” e que os casos identificados nos navios “consistem em uma pequena minoria da população total a bordo”. Apesar disso, a associação afirmou estar buscando alinhamento com as autoridades do governo federal, a Anvisa, estados e municípios em relação às aplicações dos protocolos operacionais de saúde e segurança que haviam sido aprovados no mês de novembro.

A suspensão deve durar até o dia 21 de janeiro, contudo, os cruzeiros que estão atualmente em navegação deverão finalizar seus roteiros conforme previsto. Ainda segundo a CLIA, após o término da suspensão, a atual temporada de cruzeiros poderá ser cancelada caso não haja adequação e alinhamento entre as partes envolvidas para possibilitar a continuidade da operação.

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143