Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Salvador

Contas públicas têm déficit recorde de R$ 81 bilhões em julho, diz Banco Central

Em julho, as contas públicas registraram saldo negativo recorde por causa das despesas extraordinárias para o enfrentamento da pandemia da covid-19. O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, apresentou déficit primário de R$ 81,071 bilhões no mês passado, o maior resultado negativo para o mês da série histórica iniciada em dezembro de 2001. Em julho de 2019, o déficit primário foi de R$ 2,763 bilhões. Os dados foram divulgados hoje (31) pelo Banco Central.

No mês passado, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) apresentou déficit primário de R$ 88,141 bilhões, contra R$ 1,402 bilhão em julho de 2019. Já os governos estaduais registraram superávit de R$ 6,757 bilhões, contra déficit de R$ 2,075 bilhões no mesmo mês do ano passado.

Os governos municipais registraram déficit de R$ 477 milhões, em julho deste ano, contra o superávit de R$ 156 milhões no mesmo mês de 2019. As empresas estatais federais, estaduais e municipais, exceto as dos grupos Petrobras e Eletrobras, registraram superávit primário de R$ 790 milhões no mês passado.

Foto: ©Marcello Casal Jr./Agência Brasil

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X