Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

CoronaVac tem eficácia global de 50,4% nos testes feitos no Brasil, afirma Instituto Butantan

O Instituto Butantan anunciou nesta terça-feira (12) que a vacina CoronaVac registrou 50,38% de eficácia global nos testes realizados no Brasil. Chamado de eficácia global, o índice aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos, sejam eles leves, moderados ou graves.

O número representa o mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que é de 50%. “Essa vacina tem segurança, tem eficácia, e todos os requisitos que justificam o uso emergencial”, afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante o anúncio.

“A gente tinha previsto que a vacina tinha que ter uma eficácia menor em casos mais leves e uma eficácia maior em casos moderados e graves e nós conseguimos demonstrar esse efeito biológico esperado. Esta é uma vacina eficaz. Temos uma vacina que consegue controlar a pandemia através desse efeito esperado que é a diminuição da intensidade da doença clínica”, afirmou o diretor de pesquisa do Instituto Butantan, Ricardo Palácios, ao apresentar os dados do estudo.

A CoronaVac está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Butantan, que é vinculado ao governo de São Paulo. Os testes foram realizados em 12.508 voluntários no país, todos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus, em 16 centros de pesquisa.

Leia mais

CoronaVac produzida no Brasil, tem 78% de eficácia contra a Covid-19, dizem testes

Instituto Butantan solicita uso emergencial da CoronaVac à Anvisa

Bruno Reis diz que já está articulando a compra de 103 mil doses da CoronaVac

Ministro da Saúde confirma a compra de 100 mil doses da CoronaVac

 Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Tags:

Leia também