Digite sua busca

 

 

Mundo Notícias Notícias em destaque Pandemia

Covid-19: Estudo aponta que paciente com câncer está com o vírus há quase 480 dias

Pacientes imunocomprometidos, ou seja, indivíduos cujo sistema imune não funciona como deveria, estão na lista dos principais grupos de risco para Covid-19 desde o início da pandemia.

Há registros de pacientes que após a infecção ficam meses com o vírus circulando pelo corpo. Desta vez, pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, fizeram uma descoberta um tanto impressionante. Um homem não identificado, com cerca de 60 anos, em tratamento contra um câncer no sistema linfático, pode ser o paciente com vírus ativo há mais tempo no corpo: 471 dias.

As descobertas apontam ainda que o indivíduo tem três sublinhagens diferentes no organismo, além disso, os cientistas acreditam que o vírus está sofrendo mutações e o paciente pode ser um vetor de transmissão.

O estudo foi publicado no último final de semana, (02/07), e ainda não foi analisado pela comunidade cientifica.

Foto: Unsplash

Tags:

Leia também