Digite sua busca

 

 

Justiça Notícias em destaque

Crise do Coronavírus pode alterar valores de pensão alimentícia

Por causa da crise causada pela pandemia do novo Coronavírus no Brasil, muitas empresas foram afetadas, funcionários ficaram sem emprego e microempreendedores e autônomos ficaram sem renda. Com isso, muitos brasileiros estão sem condições de pagar a pensão alimentícia.

Como a pensão alimentícia é definida a partir da possibilidade de quem paga e das necessidades de quem precisa, esse valor pode ser recalculado caso haja alteração na renda de quem paga.

Para isso, é preciso comprovar a diminuição de renda e que não há condições de se pagar aquele valor.

Vale ressaltar que, caso a criança seja contaminada com o Coronavírus, as despesas vão aumentar e, com isso, o valor da pensão também.

No dia 25 de março, o Superior Tribunal de Justiça estendeu a mudança para prisão domiciliar a todos os presos por não pagamento de pensão alimentícia. Além disso, no começo de abril, o Senado aprovou projeto de lei que estabelece o regime domiciliar para os casos de atraso em pensão.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X