Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Pandemia SAÚDE

Diretor do Butantan diz que suspensão de testes não afetou estudos da Coronavac

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que a interrupção dos testes da Coronavac, vacina que está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Butantan, “não teve efeitos práticos sobre o estudo”. A fala do gestor ocorreu nesta sexta-feira (13), durante audiência pública, na Comissão Mista do Congresso Nacional.

“Sou grato à Anvisa por essa agilidade, pela compreensão, e os estudos foram retomadas. Os estudos prosseguem. Essa suspensão temporária não teve efeitos práticos sobre a estudo. Na verdade, os efeitos maiores foram políticos pela forma como aconteceu”, declarou Covas.

O diretor do Butantan, ainda falou que até meados de janeiro o Brasil já deve ter 46 milhões de doses da vacina disponíveis. Seis milhões devem chegar agora no dia 20 e as outras 40 milhões serão produzidas aqui no país.

Foto: Divulgação/ Instituto Butantan

Tags:

Leia também

 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X