Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Pandemia Salvador SAÚDE

‘É justo abrir leitos para quem não se vacinou?’, dispara Bruno Reis

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), se mostrou inconformado e irritado com o fato de algumas pessoas não estarem indo se vacinar contra a Covid-19. O gestor questionou se é justo abrir leitos para quem não foi se imunizar.

De acordo com Bruno, a pior postura que a prefeitura pode adotar agora é ter que determinar medidas de isolamento social. “Vamos ter consciência. Nós não queremos isso. Temos alternativa? Temos. Qual é? Abrir leitos, ampliar leitos. Agora, eu pergunto a vocês: é justo abrir leitos para as pessoas que não foram se vacinar? Que não fizeram a sua parte. Nós vamos fazer se preciso for. Mas precisamos ter responsabilidade”, disse o prefeito durante coletiva de imprensa, na manhã desta sexta-feira (7). 

Leia também: Tereza Paim: ‘Crianças também vão a óbito por Covid-19’

Bruno ressaltou que, atualmente, Salvador está com 60% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Eu venho chamando a atenção a quanto tempo? Nós estamos agora com 60% de ocupação. 80% desses casos são pessoas que não se vacinaram. Era para nós estarmos com índice baixíssimo de ocupação de leitos de UTI. E some-se a isso as pessoas que por causa da gripe também estão demandando pessoas que não foram se vacinar”.

“A gente sabe que a H3N2 é mais agressiva, mas quem tomou a vacina contra a influenza H1N1 tem uma ampliação da proteção. A gente faz um apelo para que as pessoas se vacinem. […] A prefeitura está com uma mega operação de vacinação há um ano. Vocês já sabem os números da pandemia. Então, o prefeito, de forma apelativa, convoca as pessoas para se vacinarem. Que façam o seu papel”, completou.

Leia Mais:

‘Minha filha não será vacinada’, diz Bolsonaro ao criticar imunização infantil

Foto: Betto Jr. / Secom

Tags:

Leia também