Digite sua busca

 

 

Bahia Eleições Notícias em destaque Salvador

Eleições 2020: conheça os nove candidatos à Prefeitura de Salvador

Nove candidatos vão disputar a chefia do Executivo de Salvador dos próximos quatro anos. Desde estreante no jogo político a candidatos que desejam sair de outras esferas do poder para comandar a Prefeitura, sete homens e duas mulheres serão as opções para o eleitor. As candidaturas devem oficializar o registro até o dia 26 de setembro e ser autorizado pela Justiça Eleitoral.

O prazo para as coligações partidárias apresentarem os nomes dos candidatos a prefeito e vice terminou na última quarta-feira (16). A propaganda eleitoral estará permitida a partir do dia 27 de setembro.

O portal Sociedade Online apresenta cada um dos candidatos, o vice na chapa e um breve histórico de cada um deles.

Bacelar

João Carlos Bacelar tem 63 anos, é bacharel em administração. Atualmente, ocupa o cargo de deputado federal, reeleito em 2018 com quase 150 mil votos, o terceiro mais votado da Bahia. É também o presidente estadual do Podemos. Seu vice na chapa é o advogado Magno Lavigne, do Rede Sustentabilidade.

Bacelar foi vereador de Salvador por quatro mandatos e por duas vezes foi eleito deputado estadual. Foi secretário da Educação de Salvador em 2010, durante a gestão de João Henrique Carneiro.

Bruno Reis (DEM)

Bruno Soares Reis tem 43 anos, é graduado em Direito e mestre em gestão social. Foi eleito por duas vezes deputado estadual – pelo PRP e pelo MDB – e desde 2016, é o vice-prefeito de Salvador. É filiado ao DEM, partido do atual prefeito ACM Neto, e o nome da situação para suceder o atual chefe do Executivo.

A candidata a vice na chapa é a professora e advogada Ana Paula Matos (PDT), ex-secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza. A legenda, inclusive, cogitou lançar candidatura própria. Com a desistência do presidente Leo Prates, Ana Paula foi alçada como nome na chapa para vice-prefeita.

Cézar Leite (PRTB)

Cezar Leite tem 42 anos, é médico formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e está em seu primeiro mandato como vereador de Salvador. Foi eleito pelo PSDB em 2018, posteriormente deixou o partido, e em abril deste ano filiou-se ao PRTB, partido do vice-presidente da República Hamilton Mourão.

Foi líder do Movimento Vem pra Rua, na Bahia, e descreve-se como voz da direita no estado e representante do presidente Jair Bolsonaro em Salvador – embora o mandatário nacional tenha dito que não subirá em nenhum palanque nas eleições municipais deste ano. O candidato a vice na chapa é o tenente Daniel Maciel.

Celso Cotrim (PROS)

Celsinho Cotrim tem 44 anos, é graduado em administração pública. É filho do ex-vereador Celso Cotrim e disputará pela primeira vez o posto de prefeito de Salvador. Antes, ele tinha sido candidato a deputado estadual pelo PT e pelo PSB, não tendo sido eleito.

O vice na chapa de Cotrim será o ex-pugilista e ex-deputado federal Acelino “Popó” Freitas.

Major Denice Santiago (PT)

Denice Santiago Santos do Rosário é psicóloga e oficial da Polícia Militar da Bahia, instituição que a projetou no quesito gestão, quando comandou a Ronda Maria da Penha – patrulha da corporação com atenção especial a mulheres vítimas de violência doméstica. Tem 49 anos e filiou-se ao PT em março deste ano, em aposta da legenda para o pleito eleitoral.

A médica e deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) vai compor a chapa após a desistência do partido em lançar um nome próprio e confirmar a coalizão.

Hilton Coelho (PSOL)

Hilton Barros Coelho tem 49 anos, graduado em História pela Universidade Federal da Bahia. Foi candidato a prefeito de Salvador em 2008, conseguindo cerca de 50 mil votos. Nas eleições de 2006, concorreu ao cargo de governador do estado, também não sendo eleito. Em 2010, foi candidato a deputado estadual, alcançando quase 25 mil votos.

Foi eleito vereador na capital baiana no pleito de 2012 com 16.408 votos pela Coligação e reeleito ao parlamento municipal em 2016. Ao final de 2018, renunciou ao mandato de vereador para assumir o cargo de deputado estadual para a legislatura até 2023. Na corrida eleitoral deste ano, a vice será a pedagoga Rosana Almeida.

Olívia Santana (PC do B)

Maria Olívia Santana tem 53 anos, é professora, graduada em pedagogia e está no primeiro mandato como deputada estadual, eleita com mais de 55 mil votos. Antes, ela foi vereadora por três mandatos e secretária estadual de Política para as Mulheres (SPM) e do Trabalho, Emprego e Renda (Setre).

Nas eleições de 2016, ela foi candidata a vice na chapa encabeçada por Nelson Pelegrino, derrotada no pleito. O vice na chapa comandada por Olívia será o presidente municipal do PP, Joca Soares.

Pastor Sargento Isidório (Avante)

Manoel Isidório de Santana Junior, ou Pastor Sargento Isidório, é deputado federal, eleito em 2018 com mais de 320 mil votos – sendo o mais votado da Bahia. Tem 58 anos e também integra o quadro da Polícia Militar. Foi deputado estadual por três mandatos antes de assumir a cadeira em Brasília.

Isidório já foi filiado ao PT, PSC, PSB, PROS, PDT e faz parte do Avante desde 2017. Foi candidato à Prefeitura de Salvador em 2016 e ficou em terceiro lugar. Este ano, ele será acompanhado pela administradora Eleusa Coronel (PSD), esposa do senador Angelo Coronel, como vice na chapa.

Rodrigo Pereira (PCO)

Rodrigo Pereira da Silva tem 34 anos, é militante da causa estudantil, movimento negro e defende bandeiras da luta pela terra e moradia. Será a primeira vez que ele disputará uma vaga para comandar a Prefeitura.

O candidato a vice será Marcelo Millet, também do PCO.

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X