Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Meio Ambiente Notícias Notícias em destaque Polícia

Em menos de três horas PRF flagra dois crimes ambientais na BR-116, em Feira de Santana

Equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram neste domingo (12), dois crimes ambientais em menos de três horas, na BR-116, em Feira de Santana. No primeiro caso, os policiais encontraram 17 pássaros silvestres que estavam sendo transportados em gaiolas, dentro de uma van.

As aves, de espécie conhecida popularmente por papa-capim, estavam dispostos em nove gaiolas. Ao ser questionado, o homem que realizada o transporte informou que capturou os animais às margens de um rio, em Ipuaçu, e estava levando-os para sua residência. Ele não possuía documentação dos órgãos ambientais para a criação dos animais. As aves resgatadas foram encaminhadas ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA).

Já no segundo caso, os policiais rodoviários federais abordaram o motorista de um automóvel para a fiscalizações de trânsito. Durante a vistoria, foi constatado que ele transportava 11m³ de carvão vegetal sem qualquer tipo de documentação legal, como nota fiscal e Documento de Origem Florestal (DOF).

Para a PRF, o homem informou que trouxe a carga da cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, para vender posteriormente em Feira de Santana. A falta da apresentação do DOF é considerada crime ambiental, sujeito a pagamento de multa além de pena reclusão de seis meses há um ano.

A carga foi apreendida no posto da PRF e está à disposição dos órgãos ambientais competentes para adoção dos procedimentos cabíveis.

Fotos: Divulgação/PRF

Tags:

Leia também