Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Política

Em protesto, militante do PT invade desfile militar e é detido em Brasília

Um homem de 42 anos foi detido na manhã de hoje após invadir a área restrita do desfile de veículos militares ocorrido em Brasília. Ele se colocou na frente de um deles para impedir a passagem. A identidade do homem não foi revelada, mas nas redes sociais, segundo informou o PT, o militante é conhecido como “TromPetista”.

“Em defesa da democracia, sempre! Nossa solidariedade ao ‘TromPetista’, preso por se manifestar contra um governo fascista”, publicou o PT em seu Twitter. Também nas redes sociais, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), criticou a detenção do militante. Para a também deputada federal, o “TromPetista” foi vítima de uma “prisão arbitrária”, motivada “por protestar contra a intimidação de Bolsonaro com seu desfile militar”.

De acordo com as autoridades, o homem resistiu à prisão, foi retirado do local e conduzido ao 5º DP (Departamento de Polícia). Na delegacia, o detido assinou um termo circunstanciado por desobediência e comprometeu-se a comparecer ao Jecrin (Juizado Especial Criminal) quando for intimado, ainda de acordo com a PC-DF.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e chefes militares acompanharam o desfile. O evento ficou marcado no mesmo dia da votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do Voto Impresso.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou, em entrevista ao site O Antagonista, ter sido uma “trágica coincidência”.

Foto: Reprodução/Twitter

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143