Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Empresário que matou servidora do Detran-Ba é condenado a 20 anos de prisão

O empresário Jailson Santos Mendonça foi condenado –  em júri popular – a 20 anos de prisão, em regime fechado, pela morte da ex-esposa Maridalva da Silva Gonçalves, de 46 anos. A sentença foi proferida na sexta-feira (26), quatro anos depois do crime.

Por não aceitar a separação do casamento, o acusado esfaqueou Maridalva nas escadarias que dão acesso ao Departamento Nacional de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em Salvador, onde ela trabalhava. Após o crime, ele tentou tirar a própria vida, ingerindo veneno para rato, mas foi contido por seguranças do local e encaminhado para o Hospital Geral do Estado – HGE.

Jailson foi indiciado por homicídio quadruplamente qualificado, por ter sido motivado por questão de gênero, tipificado como feminicídio; motivo torpe; emprego de meio cruel; impossibilidade de defesa da vítima. O condenado cumprirá pena na Penitenciária Lemos de Brito, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, na capital baiana.

Foto: Ascom | Polícia Civil