Digite sua busca

 

 

Bahia Entrevistas Notícias em destaque Rádio Sociedade Salvador SAÚDE Serviço

Entrevista: Urologista fala sobre relação do câncer de bexiga com o tabagismo

Em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia na manhã desta quinta-feira (26) o Urologista integrante do grupo Uro+ Urologia Avançada e Cirurgia Robótica, Ricardo Freitas, explicou sobre o câncer de bexiga e a relação da doença com o tabagismo.

Ricardo Freitas disse que apesar de o habito de fumar cigarro está tradicionalmente ligado a doenças cardiovasculares e doenças respiratórias, o tabagismo é o principal fator de risco para o câncer de bexiga.

“A gente está no mês de conscientização a sensação de tabagismo, e apesar de o cigarro, o habito de fumar está sempre, tradicionalmente ligado a doenças cardiovasculares e doenças respiratórias, o tabagismo é o principal fator de risco para o câncer de bexiga. E muita gente não sabe dessa informação”, afirmou o especialista.

O urologista disse ainda que o habito de fumar causa dependência tanto física quanto psicológica e depende de vários fatores e muita força de vontade para largar o vício.

Quando perguntado se um ex-tabagista corre o risco de ser diagnosticado com o câncer de bexiga, o especialista afirmou que sim, que mesmo o paciente parando de fumar, tem o período em que o indivíduo ficou exposto. Ele completou frisando que, quanto mais tempo e mais maços o paciente tinha o habito de fumar, aumenta o risco.

“Infelizmente sim. Mesmo o paciente parando de fumar, aquele tempo que ele fixou exposto, e quanto mais tempo, e quanto mais maços ele fumava durante o tempo que ele tinha o habito de fumar, isso aumenta o risco. Porque já foi exposto aquelas substâncias, a nicotina, o alcatrão, que são carcinógenos. São agentes causadores do câncer. Mas, é lógico que, se você continuasse com o habito, o prejuízo seria ainda maior. Se você continuasse seria bem pior, porque você ainda estaria exposto a esses fatores”, destacou.

Ricardo ainda explicou a diferença entre Urologista e Proctologista, que muitas pessoas confundem e tem sido uma dúvida frequente em seu consultório. Ele disse que o Urologista é o médico do trato urinário, como rim, ureter, bexiga, próstata, pênis, uretra (nas mulheres também, uretra feminina). Já o Proctologista é o médico do intestino grosso, que trata doenças do reto, doenças dos anus e doenças do intestino.

“Como o Urologista faz o exame do toque, que é no exame do toque que a gente faz o rastreio do câncer de próstata, existe essa confusão”, explicou.

O especialista falou ainda sobre o uso de cigarro eletrônico, quais são os danos e a diferença entre o cigarro tradicional.

“O que já se sabe é que ele causa dependência igual ao cigarro normal. A diferença entre o cigarro eletrônico e o cigarro tradicional basicamente é a temperatura que você inala a fumaça. No tabaco normal a temperatura é mais alta e no cigarro eletrônico não. A nicotina tem inclusive em maior quantidade no cigarro eletrônico, então causa dependência, você fica ainda mais dependente e consequentemente como a nicotina é o grande vilão para doenças cardiovasculares, câncer de pulmão e câncer de bexiga, então se acredita que essas pessoas estão expostas se não em uma taxa igual ou maior de desenvolver essas doenças”, disse.

Fotos: Anderson de Almeida / Rádio Sociedade   

Tags:

Leia também