Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Pandemia

“Está longe da nossa capacidade de prevenir”, diz Fábio Vilas-Boas sobre pessoas que furarem fila da vacinação

Em coletiva realizada na manhã de hoje (25), o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, informou sobre as medidas que estão sendo adotadas pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) com relação às vacinas que chegaram ao estado.

Segundo Vilas-Boas, a orientação é importante para que as prefeituras e gestores de unidades de saúde da rede privada apliquem a vacina nos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à covid-19.

“O que nós temos orientado, é que dessas poucas doses que chegam, que sejam priorizadas as áreas de maior risco. Então, se por acaso chegaram nesse hospital 100 doses e eles têm lá a área de UTI, de emergência, contanto o porteiro, o faxineiro, o zelador, o maqueiro. Tudo isso pra gente é profissional de saúde, não é só o médico, enfermeiro e o técnico. Então se ele tem lá uma quantidade que corresponde a 100 pessoas e ele recebeu 100 doses, ele não pode vacinar a pessoa que está na direção ou administrativo”, disse.

O secretário disse ainda que “é preciso que cada hospital tenha cuidado” para que não corra o risco de faltar a segunda dose da vacina.

Com relação às pessoas que porventura furarem a fila dos grupos prioritários da vacinação, ele acredita que é uma questão de honestidade de cada indivíduo.

“Isso é uma questão moral, né? É questão que está longe da nossa capacidade de prevenir. Nós temos como agir posteriormente através da corregedoria, pegando esses nomes e enviando para o Ministério Público e se forem servidores estaduais, serão alvos de processos administrativos”, afirmou.

Segundo ele, o estado já está realizando blitz para identificar possíveis furadores de fila e os casos não tem sido regra na Bahia.

Foto: Reprodução

Tags:

Leia também