Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Política Sem categoria

Ex-auxiliar de Mandetta diz que então ministro falou em usar ‘trezoitão’ contra filhos de Bolsonaro

Um ex-auxiliar de Luiz Henrique Mandetta relatou em livro que, na véspera de sua demissão, o ex-ministro fez um desabafo e deixou escapar que gostaria de atirar nos filhos do presidente Jair Bolsonaro. A informação é da coluna da jornalista Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, na obra “Guerra à Saúde”, já em pré-venda, Ugo Braga, diretor de Comunicação do Ministério da Saúde na gestão de Mandetta, descreve em detalhes reuniões, ligações telefônicas e crises resolvidas pela comunicação da pasta durante a fritura do ex-ministro por Bolsonaro.

“O presidente é bom, é bem-intencionado. O problema são aqueles filhos dele, que ficam o dia inteiro xingando nas redes sociais. Sorte que eu não mexo com essas coisas”, teria dito Mandetta em 15 de abril deste ano, um dia antes de deixar o cargo. “Minha vontade é pegar um trezoitão e cravar neles. Pelo menos passava a minha raiva”, teria completado.

Na obra, Braga ainda relata que Mandetta teve o apoio da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que se disse triste pela saída dele. Procurado pela coluna, o ex-ministro disse não se lembrar dos fatos narrados e afirmou que, em meio à pandemia, os filhos do presidente não estavam entre suas principais preocupações.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X