Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Polícia

Facebook e Instagram derrubam live em que Bolsonaro associa Aids a vacina da Covid-19

A live semanal de Jair Bolsonaro (sem partido), transmitida na última quinta-feira (21), foi derrubada pelo Facebook na noite de domingo (24). Na live, que também não está mais disponível no Instagram, o presidente mentiu ao associar as vacinas contra a Covid-19 a casos de AIDS.

Segundo o porta-voz da companhia, o motivo para a exclusão foram as políticas da empresa relacionadas à vacina da Covid-19. “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas.”

Na transmissão, Bolsonaro leu uma notícia falsa que alertava que “vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]”.

Médicos e pesquisadores rechaçam essa relação, dizendo que a transmissão do HIV através da vacina é falsa, inexistente e absurda. Denise Garrett, epidemiologista e vice-presidente do Instituto Sabin (EUA), disse em entrevista à Folha: “Não tem nenhuma possibilidade ou plausabilidade dessas vacinas fazerem isso. A afirmação é absurda e anticientífica.”

Foto: Divulgação / Redes Sociais

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143