Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque

Festas privadas podem salvar carnaval de hotéis de Salvador

O setor hoteleiro vai buscar meios para compensar as perdas que devem ocorrer com o cancelamento do carnaval de rua. Em entrevista à rádio Sociedade da Bahia, hoje(24), o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH), Luciano Lopes,  ressaltou que a festa é responsável  por cerca de 11% de todo o faturamento anual do segmento hoteleiro. Além da taxa de ocupação, que chega a 100% nos 10 dias de festejos, a diária média é 6 vezes maior que a taxa do período normal. Luciano destaca que o mais importante é preservar as vidas e que, apesar de preocupante, é possível amenizar o impacto com as festas privadas, o chamado carnaval indoor, previstas para cidades como Salvador.

O empresário lembra que quase 40% dos profissionais da área foram demitidos durante a pandemia, mas muitos já foram recontratados e que mais de 90% dos hotéis voltaram a funcionar na capital baiana, onde o turismo representa quase 20% do PIB de Salvador e de 6 a 8 %o PIB da Bahia.


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143