Digite sua busca

 

 

Bahia Política

Ford pagou R$ 30 milhões a prefeitura de Camaçari por fechamento da fábrica, revela prefeito

Elinaldo Araújo

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), revelou durante entrevista para o programa Sociedade Urgente, da Rádio Sociedade, que, em razão do fechamento do parque industrial da cidade, a Ford pagou R$ 30 milhões a região metropolitana de Salvador. O montante foi quitado em duas vezes: uma pelo ressarcimento do Imposto Sobre Serviços (ISS) e IPTU, e outra parcela paga via processo na justiça. Ambas nos valores de R$ 15 milhões cada.

“A Ford teve isenção de impostos estaduais e federais, e de contrapartida teria que ficar no município por X (sic) anos, tanto pelo estado como o município. O município cobrou a gestão que foi dada de ISS e IPTU e foi ressarcido em duas parcelas de 15 milhões de reais. Já pagou a primeira, e a segunda pagou via justiça. Questionamos, provamos que tínhamos direito e nós vencemos [na justiça]”. De acordo com o gestor, com o fechamento da fábrica pelo menos 10 mil colaboradores foram prejudicados. “O município perde espaço de trabalho e renda”.

Retorno das Aulas

O prefeito de Camaçari também falou sobre o cronograma de volta às aulas, que está prevista para acontecer no próximo dia 9 de agosto de forma mista: 50% dos alunos em casa e os outros 50% nas escolas.

“As aulas vão voltar de forma mista. Garantimos merenda na escola e a merenda em casa. Dia 9 volta primeiro os professores, para reconhecer aquilo que nós construímos. Na segunda semana, os pais e os alunos que participaram do programa ‘Mais Educação em Casa’ em 2020”. Araújo afirma que, apesar da pandemia do novo coronavírus, o ano letivo de 2020 conseguiu cumprir as recomendações do Ministério da Educação (MEC). “Em 2020 nós oferecemos as 800 aulas ano que é recomendada pelo MEC, e os 200 dias aulas cumpridos”.

Para o retorno das aulas semipresenciais, todos os professores da rede pública e privada receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. “Entre o final de julho e meados de agosto queremos vacinar todos os professores com a segunda dose”, afirma o mandatário.

Polícia Militar

Durante a entrevista, Elinaldo Araújo chama atenção para as despesas do município com a Polícia Militar da Bahia. Segundo ele, Camaçari arca anualmente com a instituição o valor de R$ 5 milhões. “O município de Camaçari gasta hoje 5 milhões por ano com a Polícia Militar. Dinheiro que dá para fazer vários investimentos na educação, na saúde…É um convênio que temos lá”, disse sem dar mais detalhes. “Se criou uma coisa que o município é rico, mas isso vai sangrando o município. No meu primeiro mandato foi 20 milhões. É uma coisa que estamos dialogando para que o estado assuma isso, essa responsabilidade”, completa.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Camaçari

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143