Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Gilmar Mendes suspende três ações da Lava Jato contra Arthur Lira

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta terça-feira (20) a suspensão de três processos contra o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), no âmbito da operação Lava Jato, que investigava suposta improbidade administrativa comedida pelo parlamentar na época em que ele atuava como deputado estadual por Alagoas.

“Ante todo exposto, em juízo provisório, concedo a liminar para determinar a imediata suspensão das ações de improbidade […] somente com relação aos reclamantes, até o julgamento de mérito desta reclamação. Reitera-se, para todos os efeitos, que estes autos tramitam sob segredo de justiça”, diz a decisão de Gilmar.

O juiz atendeu a um pedido da defesa de Lira que argumentou, que como a Segunda Turma rejeitou, em 2017, uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o parlamentar, e os dois processos tem conexão com o fato, a ação de improbidade não deveria ter desdobramento.

De acordo com denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Lira e seu pai, Benedito Lira, estariam envolvidos em um suposto esquema de desvio de verbas da Petrobras para custear campanhas eleitorais. 

Foto: Agência STF