Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque

Governo tem cinco dias para decidir sobre vacinação contra Covid-19 para crianças

O prazo de cinco dias dado ontem (24), pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski , para que o governo decida sobre a vacinação contra a covid-19 em crianças, acatou a um pedido do partido Rede Sustentabilidade que entrou com ação judicial no Supremo. No documento o partido pede que a vacinação contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos seja assegurada.

Na quinta-feira, o ministro Marcelo Queiroga defendeu a vacinação contra a covid em crianças, mas somente com prescrição médica e autorização dos pais. A medida contrariou especialistas, que apontaram a prescrição como desnecessária, já que as vacinas são eficazes e seguras.

A determinação do ministro vai de encontro com a opinião do presidente Jair Bolsonaro (PL). Durante sua live semanal realizada em 16 de dezembro, o chefe do Executivo havia declarado que a palavra final caberia aos responsáveis pelas crianças.

O partido Rede Sustentabilidade diz que “o Brasil caminhará na contramão do consenso científico mundial se não ministrar de modo efetivo os imunizantes aprovados pela Anvisa – até o momento, a dose especial da vacina da Pfizer – para o público infantil”.