Digite sua busca

 

 

Bahia Bahia Cidades Educação Notícias Notícias em destaque

Greve por tempo indeterminado; Professores de Camaçari cobram reajuste salarial

SIPEC - Professores Camaçari

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, 14, mais de dois mil professores da rede municipal de ensino de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, decretaram greve por tempo indeterminado. A decisão afeta cerca de 36 mil alunos.

O coordenador da Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB), e professor da rede municipal, Josemiran Marques, detalhou as principais reivindicações dos profissionais; Reajuste salarial e a melhora na estrutura das escolas.

Ainda de acordo com Marques, apenas os professores que recebiam abaixo do piso salarial tiveram reajuste este ano: “Apenas 800 professores receberam esse reajuste, outros 1400 não receberam nada”, acrescenta. 

O professor afirma que esta é a primeira greve de professores na rede municipal nos últimos seis anos. A falta de diálogo com prefeitura é apontada como impasse. A Secretaria da Educação de Camaçari (Seduc) ainda não e posicionou.

Foto: Facebook/Sipec Sindicato

Tags:

Leia também