Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Polícia

Grupo realiza protesto em Lauro de Freitas por morte de João Alberto

Um grupo de manifestantes realizou na manhã desta quarta-feira (25), um protesto em frente ao Atacadão, da rede Carrefour, localizado na Estrada do Coco, em Lauro de Freitas.

Após a morte de João Alberto, homem negro que morreu asfixiado por dois seguranças brancos em um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre (RS), diversas cidades do país organizaram movimentos contra o grupo.

Nesta quarta, o Movimento Aquilombar, Associação do Quilombo Quingoma, Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Rede Pública de Lauro de Freitas e outras coletivos estiveram presente no protesto que teve como lema “Por justiça a João Alberto! Vidas Negras Importam!”.

“É preciso ocupar as ruas e construir as lutas contra o racismo e o extermínio da população negra para já! A demanda pela nossa sobrevivência é uma demanda revolucionária”, declarou o Movimento Aquilombar.

Entenda o caso:

Homem negro morre após ser espancado em supermercado de Porto Alegre
Carrefour: Veja repercussão da morte de homem negro após agressão
Após morte de homem negro, lojas do Carrefour são tomadas por protestos contra racismo
Secretaria investiga empresa de segurança que atua no Carrefour
Defesa de segurança do Carrefour nega motivação racista no assassinato de Beto Freitas
MPF quer que Carrefour indenize família de João Alberto
Grupo Carrefour anuncia fundo de R$ 25 de milhões destinados ao combate do racismo no país
Grupo protesta em frente ao Atacadão da Avenida Bonocô contra morte de João Alberto

Foto: Reprodução