Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque Salvador SAÚDE

Grupo realiza protesto por mais infectologistas na rede pública

Neste dia Mundial de Luta contra Aids, um grupo de pessoas que usa os Serviços de Atendimento Especializado de Salvador (Saes) realizou um protesto, nesta quarta-feira (1º), reivindicando por mais infectologistas na rede pública. A manifestação ocorreu em frente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no bairro do Comércio, em Salvador.

Os manifestantes ainda reclamaram que estão há um ano sem assistência médica. Além disso, eles chamaram a atenção para o fato de que infectologistas são necessários para iniciar e proceder o tratamento de pessoas que convivem com o HIV, Aids e o HTLV, vírus da mesma família do HIV.

Entre outras preocupações para esses pacientes, está a longa espera para conseguir consultas. Após o último exame de carga viral, o retorno à unidade de saúde chega a demorar até seis meses de espera, o que interfere no acompanhamento do paciente durante o tratamento.

O Sociedade Online entrou em contato com a Secretaria Municipal da Saúde, que declarou estar “empenhando todos os esforços para a contratação de infectologistas”. A pasta explica que a falta de profissionais dessa área se dá pelo cenário pandêmico da Covid-19, que fizeram alguns pedirem desligamento. De acordo com a secretaria, nos últimos dois anos, seis profissionais pediram desligamento da rede.

A SMS ainda afirma que a pasta está atuando em três frentes para regularizar o quadro de infectologistas: concurso público, REDA e chamamento público, com oferta de 10 vagas e para contratação imediata do profissional, que será lançado na próxima semana.

Foto: Reprodução/Google Street View

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143