Digite sua busca

 

 

Bahia SAÚDE

Hemoba realiza amanhã (19) ‘Dia D’ para cadastro de doadores de medula óssea

Para melhorar os números no banco de doadores de medula óssea, o Hemocentro da Bahia (Hemoba) realizará neste sábado (19), o “Dia D” para receber novos cadastros, na sede do órgão, na Avenida Vasco da Gama, em Salvador. A data marca também o dia mundial do doador de medula óssea. O atendimento será das 7h às 16h, por ordem de chegada.

Segundo o Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), o Hemoba registrou 14.595 novos cadastros de janeiro a agosto de 2019. Este ano, muito potencializado pela pandemia, o número caiu para 4.589 pessoas. Uma queda de 68%.

Os doadores cadastrados têm a amostra de sangue encaminhada ao Centro de Diagnóstico (CDG) do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) e para o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES) para verificação da compatibilidade com possíveis receptores. O material coletado permanece no aguardo de um paciente com semelhança genética que precise de um transplante.

Para ser um doador de medula óssea é preciso ter entre 18 e 55 anos incompletos, boas condições de saúde, preencher um formulário com os dados pessoais e realizar a coleta de sangue. Mais de 189 mil pessoas são cadastradas no Redome e 794 baianos já receberam doação de medula desde 2009, quando foi publicada a portaria que regulamenta o cadastro junto ao Instituto Nacional de Câncer.

Foto: Divulgação

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X