Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque Polícia

Homem é flagrado transportando 40 aves clandestinamente em Itaberaba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu quarenta aves que estavam amontoadas e aprisionadas dentro de gaiolas na tarde de segunda-feira (1º) em Itaberaba (BA), após agentes abordarem um GM/Zafira, com dois ocupantes. Entre as aves foram resgatados 29 pássaros da espécie ‘Estevão’ e 11 ‘Azulão’. Nos primeiros dez meses de 2021 já foram resgatadas mais de 3 mil aves silvestres nas fiscalizações realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia.

Os policiais realizaram, durante os procedimentos de fiscalização, uma revista minuciosa no veículo e foram encontradas as aves confinadas, sem a ventilação adequada e em ambiente escuro, “ensejando total falta de cuidados, higiene e maus tratos”. Após o flagrante, o passageiro de 51 anos de idade assumiu a responsabilidade pelo aprisionamento ilegal dos animais e disse não possuir autorização do órgão ambiental para criação.

Em seguida, foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência e o infrator que reside em Salvador (BA) responderá na Justiça por crime contra o meio ambiente (Lei 9.605/98). A PRF alerta que o pássaro Azulão é um animal que tem como habitat a região da caatinga e tem sido alvo constante do tráfico de animais silvestres, sendo capturados e levados para todo o país e até para o exterior por conta de sua beleza exuberante e seu canto diferenciado.

As aves foram encaminhadas aos cuidados do órgão ambiental de Itaberaba, onde passarão por um processo de reabilitação para voltarem à liberdade. O retorno ao habitat natural nem sempre é um processo rápido. Além de tratar a saúde, os animais precisam reaprender funções básicas como voar e caçar.

A PRF alerta que as denúncias nas rodovias podem ser realizadas através do telefone 191, que funciona em todo o Brasil. A ligação é gratuita e não é preciso se identificar.

Foto: Divulgação / PRF

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143