Digite sua busca

 

 

Notícias

Homem é preso em Uberlândia após incitar a morte de Bolsonaro pelo Twitter

A Polícia Militar de Uberlândia prendeu, na madrugada desta quarta-feira (4), um jovem de 24 anos, identificado como João Reginaldo da Silva Júnior, acusado de crime contra a segurança nacional, ao fazer uma postagem no twitter contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ele publicou: “Gente, Bolsonaro em Udia amanhã… Alguém fecha virar herói nacional?”‘.

Segundo o Boletim de Ocorrência, após a denúncia os policiais foram à casa do suspeito, onde ele mora com os pais, e deram voz de prisão em flagrante. A postagem de João recebeu três respostas em concordância com ato. Segundo informação das autoridades, os policiais militares chegaram a ir até a residência das outras pessoas autoras das respostas, mas elas não foram localizadas. A Polícia Federal informou que vai continuar as investigações e todos poderão ser indiciados pelo crime contra a segurança nacional.

Na manhã de ontem, Bolsonaro foi recebido no aeroporto de Uberlândia, numa escala que estava fora da agenda oficial. O destino do presidente foi a cidade de São Simão, em Goiás, onde participou da inauguração de um trecho da Ferrovia Norte-Sul.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil