Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Intervalo entre doses da Pfizer devem diminuir, diz Ministério da Saúde

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, afirmou que o intervalo entre as doses da vacina Pfizer diminuirá de 3 meses para 21 dias, conforme a bula do imunizante. No Brasil, a pasta estendeu o tempo com a justificativa de que ajudaria a imunizar mais pessoas com a primeira dose em um intervalo de tempo menor.

“Precisa ver qual é o melhor timing disso, mas que vai diminuir, vai. A gente está só vendo com CONASS e CONASEMS, na tripartite, para gente ver qual é a melhor data para diminuir o prazo de 3 meses para 21 dias. Então, encurtando o prazo ficando o mínimo pontuado pela Pfizer”, explicou Rodrigo Cruz à imprensa. Ele afirmou que o laboratório também está sendo ouvido para a decisão considerar o abastecimento e os cronogramas de chegada e de distribuição.

A espera, portanto, deve acabar nos próximos dias, com a definição das doses de agosto.

De acordo com a CNN, o secretário diz que existe a possibilidade na bula da AstraZeneca de diminuir de 12 semanas para até 4 semanas, mas o foco do Ministério da Saúde é a Pfizer.

Além disso, para tentar controlar as novas variantes, inclusive a delta, o Ministério da Saúde está fechando uma estratégia com a Fiocruz para produzir de “10 a 12 milhões de testes por mês”. “Testagem é fundamenta pra controlar o vírus e ter a liberação das atividades econômicas”, terminou Rodrigo.

Foto: Tony Winston/Ministério da Saúde

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143