Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque

Itabuna: após cheia do Rio Cachoeira, 82 famílias se alojam em baias de animais

Cerca de 242 pessoas de 82 famílias buscaram abrigo no Parque de Exposições da cidade de Itabuna, quando o nível do Rio Cachoeira subiu e alagou boa parte do município. O grupo está vivendo, desde sexta-feira (24), em baias que comportam animais durante exposições. A prefeitura começou o processo de transferência de parte dessas pessoas na quinta-feira (30).

Segundo a prefeitura, há muitos anos, famílias que residem em áreas ribeirinhas dos bairros Maria Matos (rua de Palha), Urbis IV e Nova Itabuna são transferidas para abrigos nos períodos de cheia do rio. Nesses momentos, as baias eram limpas e recebiam lonas para receber os desabrigados e desalojados no parque.

No entanto, como as chuvas do Natal foram as mais fortes registradas em 54 anos, o grupo ficou isolado no local, devido a obstrução de um trecho da BR 415. A secretária estadual de Saúde Tereza Paim e o prefeito Augusto Castro estiveram no parque na quinta-feira para orientar as famílias a serem transferidas para um abrigo montado na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), mas muitos ficaram receosos.

Conforme Tereza, o Parque de Exposições não possui as condições sanitárias adequadas. Entre os riscos citados, estão resíduos de animais, pulgas, carrapatos e excesso de umidade. O local também recebeu profissionais da saúde, que realizaram a vacinação contra Hepatite A, Influenza, antitetânica e Covid-19.

Chuva em Itabuna

Na madrugada de sexta (24) para sábado (25), a situação começou ficar crítica em Itabuna. Com a chuva torrencial que atingiu o município do sul da Bahia, o nível do Rio Cachoeira subiu nove metros e causou muitos estragos na cidade. Pelo menos 600 famílias chegaram a ficar desabrigadas ou desalojadas.

O balanço da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), divulgado na quinta, aponta que a cidade tem 30 mil pessoas afetadas pelas inundações, o que representa 14% do total de moradores.

A prefeitura também divulgou que concederá um Auxílio Enchente Municipal no valor de R$ 3 mil para todas as famílias atingidas. Segundo o prefeito Augusto Castro, doações via Pix para a Defesa Civil do município vindas de várias regiões do país e um aporte da gestão totalizaram R$ 6 milhões. Um projeto de lei foi enviado à Câmara de Vereadores para aprovação da proposta.

A cidade acumulou em dezembro 372,5mm de chuva, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O valor supera o acúmulo de precipitações de agosto, setembro e outubro, que é de 253,4mm. A previsão é de que o céu continue encoberto nos próximos dias em Itabuna, mas sem chuvas tão fortes, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE).

Foto: Ascom / Prefeitura de Itabuna

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143