Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Política Salvador

Jerônimo Rodrigues recebe a “bênção de Lula” e diz que a correria será dobrada

O pré-candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, disse, em entrevista exclusiva ao repórter Rogério Alves da Rádio Sociedade, na manhã deste sábado (12), que recebeu a “bênção de Lula”. De acordo com o atual secretário estadual de Educação, ele vai continuar trabalhando na pasta até a hora de “ir para o campo”.

“Os companheiros sabem do carinho e do zelo que eu tenho. Nesse momento, nós estamos no ambiente do Partido dos Trabalhadores, a pré-candidatura foi o PT que ofereceu. Nós não estamos ainda no âmbito da decisão final. O governador [Rui Costa] está dialogando com os partidos para ver como se compõe o restante da chapa e nós vamos continuar trabalhando na secretaria até o último dia e ir para o campo na hora certa”, pontuou.

Indagado se já tem a “bênção” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o pré-candidato afirmou: “Claro! No âmbito do PT, sim. Está faltando agora no âmbito da coligação”.

Jerônimo, que se apresenta como professor, militante e pai de família, enfatizou que tem uma esperança muito forte em “voltar a concertar o Brasil e dar continuidade à Bahia com o que Jaques Wagner fez e Rui Costa está fazendo”. 

Pré-candidatura

Depois de um longo impasse, o Jerônimo Rodrigues foi o escolhido para disputar a sucessão de Rui Costa (PT), após consenso da sigla. O líder do governo Rui Costa dentro da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Rosemberg Lula Pinto, confirmou, na última sexta-feira (11), a informação.

O parlamentar usou as redes sociais para citar a unidade do partido para chegar a decisão, e cravou mais uma vitória petista no pleito que conta com ACM Neto (União Basil) e João Roma (Republicanos) como candidatos.

“O lançamento do nome do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, para a chapa majoritária dos partidos aliados, é uma construção muito positiva. A escolha se deu de forma consensuada, que significa uma demonstração de unidade do PT e de que queremos e vamos ganhar as eleições”, escreveu.

O nome de Jerônimo, próximo do governador Rui Costa, passou a ser colocado como certo após um turbilhão enfrentado pela base governista com a desistência do senador Jaques Wagner em concorrer ao governo. O nome do vice ainda não foi anunciado.

Foto: AL-BA

Tags:

Leia também