Digite sua busca

 

 

Bahia Justiça Notícias em destaque Polícia Salvador

Jornalista é agredido por motorista e cobrador de ônibus em Salvador

O jornalista Arlon Souza foi agredido no sábado (16), por um motorista e um cobrador de ônibus em Salvador, por volta das 18h, após utilizar a linha Aeroporto/Praça da Sé, e ter reclamado com os rodoviários por não ter parado no ponto em que ele queria descer.

Após a reclamação, o jornalista tentou registar o número de identificação do ônibus afim de abrir uma reclamação posteriormente. O ocorrido irritou o cobrador e o motorista, que chegaram a “tomar” o aparelho do passageiro.

Quando conseguiu recuperar o celular, Aron Souza desceu do ônibus e começou a filmar o veículo e o rosto do motorista. O motorista ficou revoltado ao perceber que estava sendo filmado, desceu do veículo junto com o cobrador e partiu para cima da vítima.

“Então você está procurando problema?”, disse o motorista enquanto corria atrás do jornalista.

O jornalista foi derrubado ao chão, recebendo chutes nas costelas, o que lhe causou ferimentos nos cotovelos. Após a agressão, Aron foi até a delegacia para registrar um boletim de ocorrência (BO), e em seguida realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Em suas redes sociais, o jornalista contou que foi ameaçado pelos dois agressores.

“Fui ameaçado pelo cobrador e pelo motorista, quando disse que levaria o caso à imprensa”, escreveu.

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Estado da Bahia se pronunciou sobre o caso e lamentou o ocorrido. Segundo nota encaminhada a imprensa, a denúncia mostra um possível comportamento agressivo por parte dos rodoviários.

Ainda de acordo com a nota, o Sindicato repudia toda forma de violência, por entender que o diálogo é o melhor caminho para se encontrar o consenso dentro de qualquer divergência e diz que a atitude dos rodoviários não condiz com o que é orientado aos seus associados, frisando que, em muitas ocasiões, os rodoviários que são as vítimas de agressões.

A nota diz também que, nas próximas horas a dupla será ouvida e seguirão acompanhando o caso com minuciosa atenção, e se colocam à disposição para apurar o fato e ajudar nas investigações.

Leia a nota na íntegra:

Nota

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Estado da Bahia lamenta o ocorrido na noite do último sábado, 16/07/2022, envolvendo dois trabalhadores rodoviários da empresa OT Trans e um passageiro que buscava desembarcar nas imediações da praça Castro Alves, Salvador.

A denúncia, realizada pelo passageiro Arlon Souza, mostra um possível comportamento agressivo por parte dos trabalhadores rodoviários que se recusaram a parar no ponto solicitado por Arlon.

O Sindicato repudia toda forma de violência, por entender que o diálogo é o melhor caminho para se encontrar o consenso dentro de qualquer divergência.

A atitude dos rodoviários, relatada pelo passageiro, não condiz com o que orientamos aos nossos associados, que, em muitas ocasiões, são as vítimas de agressões nas ruas de Salvador.    

Nas próximas horas ouviremos a dupla de trabalhadores acusada de agressão e seguiremos acompanhando o caso com minuciosa atenção, nos colocando à disposição para apurar o fato e ajudar nas investigações.

Assista ao vídeo do momento da agressão:

Fotos: Reprodução / Redes Sociais

Tags:

Leia também