Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Salvador

Justiça determina que mulher investigada por agredir babá use tornozeleira eletrônica

Conforme determinação da Justiça Federal, a empresária Melina Esteves França, investigada por agredir a babá Raiana Ribeiro em Salvador, vai usar tornozeleira eletrônica. A informação foi confirmada pelo Ministério Público Federal (MPF). A vítima pulou do terceiro andar de um prédio, para fugir dos espancamentos.

De acordo com o MPF, o pedido de prisão preventiva de Melina foi negado por ela ser mãe de crianças pequenas. Com isso, o órgão determinou que fossem impostas outras medidas cautelares, como o monitoramento eletrônico.

Além disso, o MPF informou que recebeu o inquérito policial e pediu que os documentos sejam anexados com os autos que tramitavam na Polícia Federal, que identifica todas as vítimas e os depoimentos prestados por elas, para dimensionar a quantidade de crimes cometidos.

A Justiça do Trabalho também havia determinado uma série de obrigações trabalhistas, sob pena de multa de mais de R$ 300 mil para a agressora, que também é investigada por violência doméstica contra outras 11 ex-funcionárias.

Foto: Reprodução / TV Bahia

Leia também:

Mulher investigada por agredir babá em Salvador é processada pelo MPT por trabalho escravo

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143