Digite sua busca

 

 

Justiça Notícias Notícias em destaque Polícia Salvador

Justiça nega liberdade e prisão domiciliar a advogado suspeito de matar barbeiro no Imbuí

A Justiça negou os pedidos de liberdade e outro de prisão domiciliar, feito pelo advogado José Geraldo Lucas Júnior, que é o suspeito de assassinar a tiros o barbeiro Lucas Souza de Araújo, dentro de um bar no Imbuí, no último dia 24 de janeiro. A decisão é da juíza substituta Andreia Lima Sarmento Netto, do 1º Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

A defesa do advogado ainda pode recorrer da decisão. Eles alegaram falta de instalações de custódia de Sala de Estado Maior, referente ao privilégio de advogados. Lucas foi preso no dia 27 de janeiro, quando o mesmo apresentou à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador.

Leia mais

Homem é morto a tiros no bairro do Imbuí

Após prisão temporária decretada, suspeito de matar o barbeiro Lucas Araújo se apresenta nesta manhã (27)

Caso Imbuí: Familiares e amigos da vítima realizam protesto

Foto: Divulgação

Tags: