Digite sua busca

 

 

Bahia Brasil Justiça Notícias Notícias em destaque Polícia Salvador

Justiça nega prisão preventiva para mulher acusadade agredir babá que pulou de prédio em Salvador

A Justiça negou o pedido de prisão preventiva para Melina Esteves França, mulher acusada de agredir a babá que pulou de um prédio, no bairro do Imbuí, em Salvador.

O delegado Thiago Pinto, titular da 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio), informou, nesta quinta-feira (23), que o inquérito policial foi concluído. Segundo ele, “as medidas cautelares foram tomadas no transcorrer do inquérito policial, em tempo hábil, a partir do momento em que foram juntadas as provas e anexado procedimento. Com relação às medidas, não posso especificar quais foram, porque já foram reiteradas no relatório final e encaminhadas ao Judiciário, o qual se eu informar pode dificultar a ação penal a ser realizada pelo Ministério Público”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, Melina foi indiciada pelos crimes de ameaça, lesão corporal, cárcere privado e redução de trabalho análogo à escravidão. As penas variam de dois meses a oito anos de prisão.

Thiago Pinto também contou que algumas das outras vítimas de Melina compareceram na unidade policial para registrarem o fato e já foram encaminhadas ao judiciário.

Por meio de nota, Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) informou que o inquérito policial foi recebido na quarta (22) e que o promotor de Justiça Tarcísio Moreira Caldas Vianna Braga será responsável por analisar o material para adotar as providências cabíveis.

Foto: Reprodução

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143