Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Educação Notícias em destaque

Lauro de Freitas: Profissionais da educação municipal realizam assembleia hoje (8); categoria reivindica liberação de processos

Os profissionais da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, realizam na manhã desta quarta-feira (8), um protesto contra a Procuradoria Jurídica do Município (PGM).

Os manifestantes alegam que há mais de 10 anos os requerimentos de avanço de carreira, licenças e pagamentos retroativos não são submetidos à análise e destacou que muitas peças processuais que aguardam julgamento possuem prazo legal de 60 dias.

De acordo com Valmir Silva, presidente da Associação dos Professores de Lauro de Freitas (ASPROLF), além das reinvindicações de pagamentos de processos de tempo de serviço e gratificações dos servidores de magistério, o enquadramento dos auxiliares de classe previsto para acontecer em 2018, também não foi atendido pela PGM.

Durante entrevista à Rádio Sociedade, Valmir participou ontem (7) de uma reunião com a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho. Na ocasião, o líder da associação informou que na assembleia que acontece hoje, a classe vai discutir a proposta pautada no encontro com a gestora municipal e decidir pela ocupação da Câmara.

No último protesto realizado por estes profissionais, o procurador jurídico do município, Kívio Dias, garantiu a liberação de 500 processos até 31 de agosto, mas o acordo não foi cumprido.

Foto: Divulgação


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143