Digite sua busca

 

 

Brasil Justiça Notícias Notícias em destaque Pandemia Política SAÚDE

Lewandowski será o relator da ação da Bahia que discute o uso emergencial da Sputnik V

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski será o relator da ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) onde o governo do estado da Bahia, solicita ao STF a autorização para o uso da vacina Sputnik V, produzida por um laboratório do governo da Rússia, no Brasil.

O governador Rui Costa, nesta terça-feira, após ato simbólico de início da vacinação no estado, confirmou que, caso seja autorizado pelo STF, já estão disponíveis 10 milhões de doses da Sputnik V prontas para serem distribuídas no Brasil.

“Espero que possamos, através da Justiça, acelerar o uso da vacina russa, Sputnik, para que a gente possa ter a importação. Nós temos um contrato, o estado da Bahia, com o laboratório, mas isso não é qualquer obstáculo para que a União possa assumir seu papel e assumir a importação. Teria disponível para trazer hoje 10 milhões de doses da Sputnik, a vacina russa”, Afirmou Rui Costa. 

A distribuição do processo para Lewandowski foi feita nesta segunda-feira (18). Ele assumirá a relatoria por prevenção, já que o ministro é responsável por um outro processo com temática parecida, referente a medidas para garantir a vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

Foto: Divulgação.