Digite sua busca

 

 

ECVITORIA Notícias em destaque

Torcida organizada do Vitória protesta contra jogadores e presidente do clube

Um grupo de torcedores, membros da torcida organizada do Vitória (Torcida Uniformizada os Imbatíveis -TUI), se reuniu no Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador, na tarde desta sexta-feira (23), e protestou contra o atual presidente do clube Paulo Carneiro e jogadores da equipe.

No momento do ato, o elenco Rubro-Negro embarcava para a cidade de Ribeirão Preto, onde joga neste domingo (25), contra o Botafogo-SP, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O presidente da Imbatíveis, Gabriel Oliveira, falou com exclusividade ao Sociedadeonline, para explicar as pautas de reivindicação dos manifestantes.

“A gente vem nesse processo de protesto, desde a última partida do [treinador] Bruno Pivete. Onde o resultado foi vexatório e na mesma noite pedimos a demissão dele. Se o nosso pedido não fosse atendido a gente faria um protesto no Barradão, poucas horas antes da próxima partida. Como o apelo foi atendido pela diretoria, que contratou o Barroca [novo técnico] a gente adiou o protesto para dar oportunidade ao treinador de mostrar seu trabalho”, disse.

Mas deixamos claro que a nossa insatisfação não era só com o treinador, mas também com o departamento de futebol do Vitória. No clube é o presidente que contrata e decide tudo. Desde que essa diretoria assumiu a presidência, a gente não tem diretor nem vice-diretor de futebol. A gente entende que futebol é uma coisa muito grande para uma pessoa só gerenciar. O resultado está aí… em 18 meses, Paulo Carneiro contratou 45 jogadores. Desses 45, são raríssimos os que agradam ao torcedor”, completou

Gabriel ponderou o atual momento que o clube está enfrentando, mas deixou claro que as ondas de protestos estão apenas no início.

“A gente entende que o momento é complexo. Salário atrasado e muitos problemas. Mas nada justifica o que estamos vendo em campo. Jogadores sem vontade de vencer e sem compromisso com a Vitória. O protesto de hoje foi para expressar nossa insatisfação. Se não houver providencia vamos intensificar as manifestações. Isso é apenas o começo”, disparou em tom incisivo o líder de uma das maiores torcidas organizadas do Nordeste.  

O rodoviário Iderlan Matos, membro da torcida Os Imbatíveis e Sócio do Esporte Clube Vitória, também falou com nossa equipe. Ele se mostrou bastante insatisfeito com o momento do clube.

“Fomos protestar pois já estamos insatisfeitos com essa situação do clube. Um time como o Vitória, perdendo para o CSA e empatando com o Guarani. O presidente Paulo Carneiro traz um técnico pífio, que para mim Barroca nunca será técnico para o momento atual do clube. Os jogadores não entraram pelo saguão, e correm de dá um explicação a torcida. Eu como torcedor estou insatisfeito com esse atual momento do Vitória”, pontuou.

Com 20 pontos na 13ª posição da Série B, o Vitória está a dois pontos à frente do primeiro time que figura no Z-4 da competição, que é a equipe do Figueirense.

Foto: Reprodução

Confira o vídeo do momento do protesto:

Tags:

Leia também

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X