Digite sua busca

 

 

Entretenimento Notícias em destaque

Ministério Público analisa viabilidade da realização da Micareta de Feira

Com dois casos do novo coronavírus (Covid-19) confirmados na cidade de Feira de Santana, a Micareta do município, marcada para os dias 23 e 26 de abril corre risco de não ser realizado. Isso porque, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP) instaurou um processo administrativo para analisar a viabilidade da realização do evento.

De acordo com o prefeito da cidade, Colbert Martins Filho, não há justificativa, neste momento, para suspender a realização do evento. O gestor acredita que a situação do coronavírus na cidade está controlada.

“Exames de familiares com as quais as duas mulheres infectadas mantiveram contato deram negativo, o que significa que o vírus não está em cadeia de transmissão neste município”, ressalta.

De acordo com a Secretaria de Comunicação de Feira de Santana, o evento deve receber um total de 1 milhão de pessoas – cerca de 250 mil por dia. A festa contará com bandas famosas como Parangolé, Bell Marques, É o Tchan, entre outras.

No dia 2 de março, um vereador do município deu entrada através de um ofício no gabinete do prefeito da cidade, Colbert Martins (MDB), solicitando o cancelamento da Micareta de Feira 2020.

Foto: Rafael Martins/AGECOM

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X